Dom terá uma temporada dedicada à competição: “Acho que não irei narrar o HEBS”

Dom terá uma temporada dedicada à competição: "Acho que não irei narrar o HEBS"

Dom narrando o King off the Jungle

A segunda temporada do HEBS vem aos poucos esquentando seus motores e os principais pilotos do circuito do Hard Enduro do país estão começando a se preparar fisicamente e tecnicamente para o desafio do campeonato.

Em 2019 uma das atrações positivas dos dias de competição no prólogo foram as narrações de Marcelo Barbosa, o Dom. Cheio de carisma, o experiente piloto abdicou em algumas etapas de participação no primeiro dia da corrida para poder trazer emoção à competição com seu estilo bem humorado de narração.

Mas em 2020 Dom virá focado no aspecto da esportivo o que deve significar à ausência de sua voz descrevendo as batalhas entre os pilotos do circuito:

“Esse ano acho que só vou correr. A ideia de narrar é legal mais você perde muito da festa , quero só correr esse ano…até porque nenhum organizador me falou em narração ainda, então estou focado só em correr mesmo,” – disse o piloto que em 2020 deve enfrentar os desafios da Silver.

 

Sobre a expectativa para a temporada do HEBS, Dom se mostra otimista a unificação do campeonato brasileiro em torno do calendário e das provas do HEBS:

“Minha expectativa é sempre a melhor possível, campeonato com a parceria da CBM na minha opinião ficará mais visível, tomara que dê tudo certo nas provas. A expectativa esse ano será o número de pilotos por equipe, isso vai ser uma briga boa”.

Dom cita a briga por equipes, uma inovação do regulamento do HEBS este ano. Pilotos podem inscrever suas equipes até a primeira prova do caléndario (Barãomaniacs). E o melhor piloto posicionado na categoria, leva os pontos para a equipe inscrita. Dom defenderá a equipe Tranqueiras Racing que virá forte na briga pelo título em todas as categorias de acesso:

“Sem dúvida , Tranqueiras tá vindo com a equipe mais doida do campeonato , estamos com pelo menos dois piloto em cada categoria , só não teremos participação na gold”.

Questionado sobre quem o experiente piloto vê como uma possível surpresa para essa temporada, Dom faz uma escolha conservadora porém um tanto certa:

“Essa eu não tenho como responder com segurança, não consigo ver uma surpresa ainda , são os mesmo pilotos da outra temporada, sem acréscimo de competidores por enquanto… a surpresa no meu ver vai ser o argentino Crispy Arriegada … se ele correr o campeonato inteiro, vai ser uma briga boa com o Rigor Rico”.

Em 2019 Dom foi um dos track-managers do Night Track, prova que se consolidou no circuito nacional de Hard Enduro como uma das mais inovadoras e conceituadas. Além disso, ao fim da temporada o piloto foi escolhido ao lado de Tobata como um dos maiores porta-vozes da modalidade pelo HEBS.

 

Conteúdo Relacionado

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of